JORNAL MERCADO ONLINE: INNOVATION CENTER SEEKS CREATIVE MINDS IN CAZENGA

No local onde estava uma fábrica de sabão abandonada, é agora um centro de inovação e empreendedorismo emergentes.

Por Líria Jerusa

A Fábrica de Sabão (FdS), um projecto de inovação e empreendedorismo, procura atrair mentes criativas das artes, cultura, artesanato, negócios e ciências, para educar, formar e orientar os jovens. De acordo com o fundador do projecto, Jean Claude Bastos de Morais, um dos objectivos é reduzir o fosso entre a economia formal e a informal para gerar oportunidades para o lançamento de uma cultura de criação de empresas inovadoras em fase de arranque no País.

A Fábrica de Sabão é um centro híbrido entre incubadora e acelerador, espaço de trabalho partilhado e local para criar. É ainda um elo cultural onde as explorações criativas podem prosperar. Está projectado para muito em breve o surgimento da sua própria rádio local e um programa de residência para mentores visitantes e artistas.

Para esta fase inicial foram já investidos 5 milhões USD a que se seguirão mais 7 milhões USD, perfazendo um total de 12 milhões USD investidos até 2022. “O que se espera deste espaço é muita criatividade, que daqui saiam projectos e ideias inovadoras, pessoas que vão ganhar prémios de inovação africana. Também uma nova dinâmica, uma mentalidade de fazer e não de esperar, de ver um problema como uma oportunidade”, adiantou Bastos de Morais.

Segundo o fundador, as empresas incubadas neste projecto e que forem promissoras certamente vão atrair a atenção de outras empresas para parcerias ou a de instituições financeiras para serem capitalizadas. “Este espaço está aberto a todo o tipo de público, e os acessos são gratuitos, o que nós queremos é atrair várias empresas que tem o potencial para ajudar os que estão aqui para trocar ideias, para trocar serviços e para trocar produtos”, salientou o responsável.

Compromisso com o desenvolvimento

Bastos de Morais explicou que numa fase em que o País pretende apostar na diversificação da economia, o centro FdS oferece uma abordagem original para as oportunidades de inovação para os angolanos. “Através do projecto da Fds estamos a formar as comunidades locais para que estes se tornem os seus próprios criadores, designers, produtores e fabricantes’’, vincou.

Referiu, ainda, que um dos objectivos fundamentais da Fábrica de Sabão é criar uma cultura colaborativa, onde ideias e conhecimentos possam ser criados e trocados para assim polonizar as oportunidades de negócios sustentáveis do País.

O projecto conta, até ao momento, com cerca de 200 crianças e jovens da comunidade que têm estado envolvidos activamente em formações e workshops, nomeadamente em áreas técnicas para o uso de impressoras 3D, máquinas CNC, manufactura urbana, arte, desporto e aprendizagem de línguas. O centro está localizado no coração do Cazenga, com cerca de 800 mil habitantes (uma densidade populacional de 23 mil pessoas por quilómetro quadrado), as construções e renovação do espaço tiveram início em Julho de 2015.

Please give us your valuable comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*